# Tentando engravidar (primeiros passos)

Oiee PODEROSAS hahaha. Como vão? Beleza? Tudo em cima? Rsrs... Hoje vim trazer um post antigo  feito por mim especialmente para as tentantes. Digo antigo porque ele foi feito na época em que eu era colaboradora no blog da Thalita Alves do blog (Garota com graça) link aqui , que por sinal tem ótimos conteúdos feitos pela THALLI. E logo agora de início terei outros conteúdos de lá que eu fiz na época. 


Mas em fim você que está doidinha querendo um baby para chamar de seu, às vezes tenta há anos e não consegue, outras começaram a jornada agora, é bom saber que ninguém é igual a outra pessoa. Não fique preocupada porque “fulana quis engravidar, e engravidou rapidinho, já você está demorando”, tira isso da sua cabecinha, tudo acontece na hora certa no tempo de Deus, calma não se desespere, porque em minha opinião, o quanto mais você fica obsecada para engravidar e ter logo um bebê, mais tempo demora, é como se travasse algo dentro de você, a maioria que conheço e ouvi casos é assim.


O que aconselho é logo quando você decidir ter um bebê vá ao seu ginecologista e converse com ele, (eu acho isso importante), quem sabe ele te dê alguma dica ou vá te preparando para gerar um bebê. Daí se você toma anticoncepcional pode ir parando, vai cortando bebida alcoólica, cigarros, chás, e regulando a alimentação para já ir se acostumando. Sei que tudo isso pode parecer frescura, porque “tem mães que engravidam sem saber e faz tudo isso antes da gestação e o bebê nasce muito bem”, mas mesmo assim acho legal e saudável cuidar do seu corpo para receber um ser dentro de você por nove meses. Sem contar que os cuidados que você tem antes e durante a Gestação vão refletir no seu futuro corpinho.


Então relaxa, curte o momento com seu Love, vai com calma, não fica grilada para engravidar já na semana que vem, deixa as coisas irem acontecendo. Também não precisa ir comprando roupas de bebê, isso é exagero, você nem sabe o sexo do pimpolho, pode ser desperdício de dinheiro, isso acaba te deixando ansiosa e pode atrapalhar na sua tentativa. Também acho que não precisa espalhar para todo mundo que vocês querem um filho (a) e estão tentando, em minha opinião é um assunto seu e de seu marido ou até talvez dos seus pais, isso fica a seu critério. Eu acho que evita certos comentários.



 Mas também quero abordar outro lado desse assunto que para você pode não fazer muito sentido, mas que se for parar para pensar tem uma pitada de realidade. Será que você está mesmo preparada para ter um bebê?


~ Olhe como está a sua vida no momento, se está tudo certinho tudo no lugar.
~ Veja se já tem certa paciência com crianças.
~ Veja se você tem algum problema não resolvido quando criança,
e esclareça tudo, por que isso pode ter-te trago algum trauma que talvez você nem perceba.
~ Veja se está tudo okay para você assumir algumas responsabilidades de mãe.
~  Veja se aprova certas maneiras como foi criada para saber o que vai passar para seu futuro filho.
~ Veja sua opinião sobre como educar seus filhos.
~ Converse com alguém que tenha filhos veja como é a vida dessa pessoa, (claro que não precisa fazer um relatório da vida dela, rsrsr, mas é legal saber como realmente é o corre corre de uma mamãe).
~ Tenha conciência de sua cituação financeira, porque você vai ter alguns gastos altos logo de início.
~ É ideal sua vida estar instabilizada, com tudo no lugar, estudo, trabalho, extras, o que for.
~ Veja se pode contar com alguém da família para lhe ajudar com o bebê, pelo menos no primeiro mês de vida, isso é interessante (Não que isso possa impedir você de ter um bebê, mas é bom se programar antecipadamente.).
~ Observe do que abrirá mão se está preparada para isso.
~ Não aconselho querer um bebê para ajudar em seu relacionamento que pode estar abalado, veja se seu parceiro também quer isso e como está o relacionamento de vocês, se não estão em problemas financeiros, saiba que a chegada de um bebê vai exigir muito da mãe e talvez o papai sinta falta de algo ou certos ciúmes, falo sério gente isso realmente acontece (deixa eu explicar, é porque tem mamães que depois que tem seus filhos meio que esquecem que tem que dar atenção para o marido, esquecem que tem que haver uma privacidade, um tempo para os dois, esquecem de se cuidar mais, problemas desse tipo), por isso que tem que existir uma conversa entre os dois para saber se ambos querem a mesma coisa no momento, se ambos estão preparados.
Só não acho que essa conversa entre os dois deve existir se talvez tenha engravidado por acaso, ai já são outros quinhentos, a conversa certa é criar, rsrsrs...

Esses itens é só uma ideia inicial que eu acho fundamental para você que está planejando (ou tentando) ter um bebezinho. Coisas que realmente valhe a pena parar e colocar tudo no lugar para a chegada do seu anjinho.
Um filho é uma benção de Deus, é uma realização, uma dádiva, é um amor que não existe igual. (Meu Benny é a minha vida), e temos que estar preparadas para educar esses pedacinhos de gente.
E é basicamente isso minhas poderosas, talvez tenha outros problemas que eu poderia ter abordado, mas para quem não sabe eu não sou nenhuma médica, isso tudo é a base de muuuuuuita pesquisa, experiência própria e conversas com profissionais da área, Estou aqui para ajudar quem precisa e está meio perdida, e ressalto sempre “Vá ao seu médico de confiança ele te dará todas as instruções corretas.”
Espero que tenham gostado desse post um pouquinho diferente, e outros parecidos ou até melhores viram.

_________________________________________________________________________________

Não deixem de me acompanhar no istagram @ariemilySt., na page do blog / canal  ELA TEM O PODER, me sigam aqui no blog também é muito fácil vá alí ao lado tem um botão para você me seguir, venha fazer parte você também. 


 Mil beijos minhas Poderosas, fiquem com Deus e até a próxima.


Ela tem o poder. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design.